Os Fatos Mais Marcantes Da História Do Cruzeiro Esporte Clube

Os Fatos Mais Marcantes Da História Do Cruzeiro Esporte Clube

Flavio Flavio 20 maio 2020

Um fato marcante na história do Cruzeiro Esporte Clube dá-nos conta de que ele caracterizou-se ao longo da sua história por ser uma espécie de extensão da casa dos seus jogadores, corpo social, dirigentes, entre outros membros que ajudam a construir a sua trajetória.

A história do clube teve como “pontapé” inicial o dia 02 de janeiro de 1921, quando alguns imigrantes italianos resolveram reunir-se em uma agremiação, que mais tarde seria uma das maiores referências (em conquista de títulos) do futebol mineiro, brasileiro e das Américas.

Consta que são os descendentes de italianos – filhos e netos dos que ajudaram a fundar a cidade de Belo Horizonte – os grandes responsáveis pelo que o clube é hoje. E como não poderia ser diferente, ele teve também inspiração na “Squadra Azzurra” – inclusive nas cores – , o que fez com que tivesse que metamorfosear-se várias vezes para enquadrar-se no sistema vigente.

Mas o objetivo desse artigo é fazer uma lista com algumas das principais curiosidades e fatos interessantes da história do Cruzeiro Esporte Clube. Uma instituição que conseguiu fazer uma curiosa mescla entre as tradições italianas e a mais típica cultura mineira.

Receba Novidades

1.Um clube de números

O Cruzeiro Esporte Clube pode não ter o passado mais romântico, de maior vanguarda, com histórias de desbravamento e de “lendas urbanas” do futebol. Mas no que eles são bons mesmo é em números! E nisso poucas equipes se lhe comparam.

O Cruzeiro é à única equipe nacional a conquistar a tão desejada e assediada “Tríplice Coroa”; que é a que se conquista quando um clube ganha o estadual, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro num mesmo ano (em 2003).

Além disso, possui a maior média de público entre os brasileiros, quando atingiu o surreal número de 73 mil torcedores (pagantes) por jogo na Supercopa de 92; e ainda tendo sido o primeiro brasileiro a realizar 1.000 jogos pelo Campeonato Brasileiro.

Mas engana-se quem pensa que a coisa acaba por aí! O clube ainda possui o maior público de uma final de Libertadores, 95.472, na vitória contra o Sporting Cristal do Peru por 1×0 no ano de 1997.

2.Um clube de recordes

O Cruzeiro Esporte Clube possui um entre os três jogadores que mais disputaram partidas pelo mesmo time, o goleiro Fábio, com mais de 800 partidas Possui também um recorde impressionantes de público no ano de 2003, com cerca de 597.563 pagantes, em 23 jogos, com uma média de quase 26.000 pagantes por partida – feito até hoje não igualado.

Outro fato marcante na história do Cruzeiro Esporte Clube são os 10 milhões de ingressos que ele já vendeu em todas as edições do Campeonato Brasileiro – e sem ter ficado de fora de nenhuma.

E para fechar com “chave de ouro”, a façanha de ser a única equipe brasileira a passar 15 anos ganhando títulos em todos os anos, de 1990 a 2004, colocando-se em um seleto grupo que possui apenas membros como o Manchester United e o Real Madrid.

3.O mais vencedor

E segue a tradição do Cruzeiro Esporte Clube de ser um dos que exibem os melhores números do futebol brasileiro. O clube é simplesmente o que mais coleciona vitórias em Libertadores (86), e é o que também coleciona o maior número de vitórias no Campeonato Brasileiro (586).

O clube também é (já algum tempo) o 2º colocado no ranking da CBF, com 15.822 pontos, atrás apenas do Palmeiras, com 16.914. E os cruzeirenses ainda podem gabar-se de torcer para um dos 5 clubes nacionais que nunca disputaram uma 2ª divisão na vida – quase como um título, se levarmos em consideração o nível incomparável de disputa do Campeonato Brasileiro.

E que tal mais números? Pois bem, outro fato marcante da história do Cruzeiro Esporte Clube revela-nos que em um ranking elaborado pela International Federation of Football History & Statistics ou “Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol” (IFFHS) – que elegeu os maiores clubes da América do Sul, entre 1901 e 2000 – , ele foi considerado o primeiro entre os brasileiros.

Enquanto para a Revista Placar – que fez questão de elaborar também ela o seu ranking – , nenhuma surpresa! Quem estava lá? Ele mesmo, o Cruzeiro Esporte Clube, juntamente com o Internacional, como os dois clubes com o maior número de conquistas oficiais no Brasil.

4.O Palestra Itália mineiro

Sim, o Cruzeiro Esporte Clube também já foi o “Palestra Itália”, assim como o “Verdão” paulista! Na sua fundação, em 1921, o time foi batizado como Societá Sportiva Palestra Itália, em uma homenagem às tradições italianas dos imigrantes que também ajudaram a criar a instituição.

O problema é que, assim como ocorreu com o clube paulista, o “alviceleste” foi proibido de utilizar qualquer cor em homenagem ao Japão, Alemanha e Itália, por ordem do então presidente Getúlio Vargas. Isso porque durante a 2ª Guerra o Brasil posicionou-se como inimigo dessas nações, chamadas de “Eixo”, e do lado dos “Aliados”, na época compostos por Estados Unidos, URSS, França e Inglaterra.

Receba Novidades

5.Era o “verdão” de Minas

Esse é outro que podemos chamar de um fato marcante na história do Cruzeiro Esporte Clube. O seu uniforme começou composto por camisas verdes e calções brancos, com uma variação em vermelho nas mangas e meias.

E foi assim durante quase 4 décadas! Passando ainda para uma composição em que a camisa era verde com faixas brancas e vermelhas na horizontal; para só depois ensaiar a cor azul, só que com listras brancas também na horizontal; até adotar o padrão que hoje conhecemos (em 1959), com camisa azul celeste, as tradicionais estrelas no peito e calções brancos; para aí, sim, imortalizar as cores que se tornariam a marca do clube a partir dos anos 60.

E nesse meio tempo o time ainda teve diversos nomes diferentes, começando por Societá Sportiva Palestra Itália, passando para uma forma mais aportuguesada (“Sociedade Sportiva Palestra Itália”), o “Ypiranga” (em homenagem à independência do Brasil), até finalmente ser escolhido o nome atual: o Cruzeiro Esporte Clube; decidido em assembleia no dia 7 de outubro de 1942, em um dos fatos mais marcantes acerca da histórias do clube.

Essa foi a nossa lista com os fatos mais marcantes da história do Esporte Clube Cruzeiro. Mas, e a sua? Deixe-a na forma de um comentário. E aguarde as nossas próximas publicações.

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos

Selecionamos os melhores planos de telefonia, internet e tv por assinatura para o seu perfil.