Entenda Como Funciona O Campeonato Inglês

Entenda Como Funciona O Campeonato Inglês

Flavio Flavio 20 maio 2020

Só mesmo os apaixonados pelo futebol técnico e por organização conseguem entender o que é e como funciona o Campeonato Inglês, um dos eventos mais valorizados do mundo e, para alguns, o melhor campeonato de futebol do planeta.

De maneira resumida podemos dizer que o seu formato foi a inspiração para o Campeonato Brasileiro, em que 20 clubes enfrentam-se num sistema de turno e returno, sendo campeã a equipe que marcar mais pontos, e os rebaixados os três últimos colocados.

Para a UEFA Champions Ligue serão classificados os 4 primeiros colocados, enquanto a Liga Uefa receberá o 5º e o 6º, em um modelo considerado bastante racional e simplificado, e que por isso resulta em estádios lotados, jogos disputados e muito, muito dinheiro sendo movimentado!

O curioso é que a Premier League é apenas uma das várias competições que compõem o futebol inglês, já que, como não poderia ser diferente, o país respira futebol em cada bairro e localidade, de onde surgiram clubes quase lendários, e que se transformaram em fontes inspiradoras para a criação de diversos clubes ao redor do mundo.

Como o Sport Club Corinthians Paulista, por exemplo, que teve no quase lendário Corinthians FC de Londres o seu grande espelho; um clube que poderíamos chamar de responsável direto pelo surgimento do futebol no Brasil, tal a habilidade e técnica com que os seus jogadores exibiam-se mundo afora, em excursões que arrebanhavam verdadeiros exércitos para as fileiras do mais novo esporte que surgia.

Logo, para entendermos o funcionamento do Campeonato Inglês devemos compreender que ele é o resultado de uma tradição que remonta a meados de 1863, quando foi criada a The Football Association – as origens do futebol inglês – , que hoje tem na Premier League a sua “menina dos olhos”, com a modernização iniciada em 20 de fevereiro de 1992, fruto de uma pressão para que o país se visse livre da fama de possuir um futebol tumultuado e violento.

Receba Novidades

Principais características do funcionamento do Campeonato Inglês

Uma das principais características do funcionamento do Campeonato Inglês é a garantia, rigorosa, de que ele atenda às principais normas de segurança para eventos desse porte.

Isso engloba a separação de torcidas (por meio de um espaço completamente vazio entre elas), racionalização do ajuntamento de pessoas (a fim de evitar aglomerações), estádios com menor capacidade, além de uma certa elitização do futebol (o que acabou por afastar, definitivamente, os antigos “brigões” que tornaram-se quase lendários no futebol inglês).

O resultado é um campeonato que só perde para a Liga Alemã (a “Bundesliga”) em média de público, contabilizando cerca de 37.900 torcedores; além de ser transmitido para quase todos os rincões do planeta, com mais de 200 países acompanhando o evento, que gera em torno de 2,5 bilhões de euros para os cofres da liga – cerca de R$ 10 bilhões de reais que o colocam como um dos negócios mais rentáveis do universo dos esportes.

Quanto aos clubes participantes, a Liga mantém a tradição de trazer os clubes das cidades, onde estão na verdade os grandes representantes do futebol inglês, como o Manchester (com os times de Manchester United e Manchester City), Londres (com o Arsenal, Tottenham, Chelsea, etc), Liverpool (com o Liverpool e o Everton), Newcastle, Southhampton, Birmingham (com o Aston Villa), entre outras cidades de onde o futebol saiu para o mundo.

Entenda como funciona o sistema de disputa do Campeonato Inglês

O sistema de disputa do Campeonato Inglês, como dissemos, é o de “pontos corridos”, em que 20 clubes enfrentam-se em turno e returno, com partidas dentro e fora dos seus domínios, que ao final premiará aquele que marcar mais pontos – o campeão da Premier League do ano.

O sistema, apesar das controvérsias, passou a ser considerado o mais justo; aquele que determina, com a maior justiça possível, o melhor time, o de maior investimento e com os melhores jogadores.

Os três últimos colocados são rebaixados, sendo que, em caso de empate no número de pontos, os fatores de desempate serão o saldo de gols e o número de gols marcados; e caso o empate persista, vem a queda para a “segunda divisão” inglesa, a “Football Leauge Championship”, que será decidida por meio de um jogo extra, marcado para ocorrer num campo neutro.

Uma das principais críticas ao modo de funcionamento do Campeonato Inglês é justamente o seu caráter justo, porém restritivo, já que o que se vê são sempre as mesmas duas ou três equipes a disputarem o título.

Na verdade desde o surgimento da Premier League apenas 6 clubes foram campeões: Manchester United, Chelsea, Manchester City, Arsenal, Leicester e Blackburn Rovers, sendo que 25 disputas ficaram nas mãos dos 4 primeiros clubes!

Receba Novidades

Curiosidades do Campeonato Inglês

Além de entender como funciona o Campeonato Inglês, não custa aqui saborearmos um pouco algumas curiosidades que fazem parte da história do evento. Uma delas dá-nos conta, por exemplo, de que o futebol inglês nem sempre foi tão organizado.

Muitos não sabem, mas os anos 80 marcaram um período de decadência do futebol da “Terra da Rainha”, inclusive com o banimento dos clubes dos torneios europeus durante 5 temporadas, muito por conta da famigerada Tragédia de Heisel, em 1985; ainda potencializada pela precariedade das instalações, vandalismo, falta de organização, entre outros fatores que praticamente inviabilizaram o futebol no país.

Foi somente a partir da criação da Premier League, em 1992, que o Campeonato Inglês deu a sua grande virada, tornando-se a principal referência quando o assunto é a quantidade de craques que passeiam pelos gramados das maiores ligas do mundo.

Exageros à parte, o atual Campeonato Inglês já é chamado de “O maior espetáculo da terra”, tal o alcance do evento, que é transmitido para cerca de 212 países, em mais de 600 milhões de residências, com uma faturamento anual de mais de R$ 10 bilhões de reais, além de ser disputado por cerca de 80 canais de televisão, que fazem com que o evento seja um dos mais vistos dentre todos os esportes existentes.

Mas, apesar de tamanho sucesso, seguem as críticas a respeito, por exemplo, do caráter excludente do campeonato, que tornou-se claramente elitista, e pior ainda, essencialmente estrangeiro, já que o número de jogadores de fora do país já é alvo de extensos debates acerca dos males que isso causa ao futebol inglês, entre outras inúmeras controvérsias, como não poderia ser diferente em se tratando do maior espetáculo de futebol do planeta.

Deixe o seu comentário sobre esse artigo. E aguarde as nossas próximas publicações.

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos

Selecionamos os melhores planos de telefonia, internet e tv por assinatura para o seu perfil.